Caio Andrade

Opa, tudo bem? Sou o Caio, prazer. Sou um líder criativo que também executa.

Na prática isso quer dizer duas coisas: primeiro, uma ideia não vale nada sem a sua capacidade de colocar ela de pé, principalmente sem um caminhão de dinheiro, e segundo, não existe gênio em criatividade, sem um time você não chega a lugar nenhum. Criar é menos sobre ter ideias fantásticas, e mais sobre puxar as conversas que nos ajudam a chegar lá.

Cases & projetos

Separei quatro projetos que melhor representam o que eu faço. Sempre arrumo tempinho para freelas e consultorias. Manda um alô.

icon
Hyper Island Fiz parte do pequeno time que trouxe uma das escolas mais inovadoras do mundo para o Brasil. Ocupei o Cargo de Creative Lead por 5 anos, tocando projetos de consultoria para Coca-Cola, Uber, Nestlé, Google, Bayer, entre muitas outras. Ver case
icon
Home Refill Um serviço de compras online que busca o consumo consciente e sem desperdícios. Meu desafio aqui foi criar uma campanha de lançamento que traduzisse o posicionamento da startup de uma forma criativa e inovadora. Ver case

icon
Estúdio GRANDE Um pequeno estúdio de intervenções urbanas. Projeto independente que reune a minha paixão por arte de rua e tudo que sei sobre comunicação para criar projetos para as pessoas, para a cidade, e as vezes, para clientes. Ver case
icon
PopLoad Festival Consultoria criativa para um dos festivais de música mais fodas do país. O desafio aqui foi criar um conceito que norteasse toda a comunicação do festival para fãs, patrocinadores, influenciadores e jornalistas. Ver case

Conteúdo & cia

A ideia aqui é dividir as minhas referências, fontes de inspiração, um pouco do que penso e acredito, novas ferramentas que descubro, e por aí vai.

Links e referências Um catadão de links, blogs, artistas e plataformas. Atualizado sempre que descubro algo novo. Ver lista completa

Tools & Templates Ferramentas e apps que uso diariamente, algumas por diversão, outras por produtividade. Tem um pouco de tudo e com o tempo vou adicionando algumas coisas novas aqui também. Ver ferramentas

Blog Eu não escrevi esse post. Um post inteiro feito usando inteligência artificial. Midjourney + Copy.ai. Ago 08, 2022 Porque criatividade não tem espaço em grandes empresas. Passei o grosso dos meus últimos 5 anos trabalhando com a liderança das maiores empresas do país, tentando torná-las mais criativas. Fracassei miseravelmente. Aug 14, 2021 Cargo, Semplice, Squarespace, Readymag, afinal, onde criar meu portfolio? Depende. Eu acredito que existam dois tipos de portfólios, quando você está procurando emprego, e quando não. Jun 2, 2021

FAQ

Respostas para as perguntas que você não fez. Se quiser saber sobre algo que não respondi aqui, é só chamar.

Por que você tem um FAQ?

Um monte de sites tem um desses, me deu vontade de fazer um também.

Você não tem nada melhor para fazer?

Não, e pelo visto você também não.

Já que parei para ler, você tem algo relevante para dividir comigo?

Já viu a sessão de referências? Lá tem uma lista de pessoas, que admiro e sigo, tem a parte de ferramenta e templates também.

E algo nada relevante?

Criei um dos sites mais acessados do país e acabei recomendando minha ex em rede nacional, montei móveis e fiquei famoso na suécia, e já tive um um call center só para atender os call centers que me ligavam:

Precisa de faculdade para fazer o que você faz?

Sinceramente não, mas ajuda muito. Não pelo conteúdo, mas pelas pessoas que você vai conhecer. Sendo muito sincero, estou falando de uma posição de extremo privilégio, e entendo isso. Tive a oportunidade de estudar comunicação na ESPM e fazer uma especialização em mídias digitais na Hyper Island em Estocolmo, onde estudei por dois anos. Acredito em aprender fazendo, quebrando a cara e experimentando, esse lugares não me ensinaram isso, mas me abriram muitas portas para colocar em prática.

Cê já trabalhou em agência?

Sim, passei por várias áreas diferetes, me encontrando na criação com um pé no planejamento. Passei por F.Biz, Young Rubican, Havas, que na época chamava Euro4d, Naked Communications, e por último, Isobar. Se quiser saber cargos e afins, dá uma olhada no Linkedin.

O que acha delas?

Olha, acho que uma agência é do tamanho das pessoas que trabalham nela, tem muita gente legal e outras nem tanto, como em qualquer profissão.

Depois que ganhei mais experiência, sempre tentei enxergar além do status, dos grandes clientes, lindas salas, o mac mais novo ou o open bar às sextas-feiras.

Acho que minha felicidade deve ser mais importante do que isso, sempre busquei trabalhar em lugares em que eu acreditasse nos valores, e que a cultura do time fizesse sentido para mim.

Trabalhar com pessoas inspiradoras também é importante, independente de quantos prêmios tinham na mesa. Não são agências que te fazem sentir bem ou te jogam para baixo, são as pessoas que trabalham com você.

Minha dica: antes de aceitar um trampo, pesquise, veja coisas escritas por quem toca a empresa, vá em palestras, veja como essas pessoas tratam os outros, se parece que estão cagando regra ou se realmente são felizes com o que fazem e realmente acreditam no que estão falando.

Tenho uma ideia de projeto pessoal, me ajuda?

Me chama no zap que tento ajudar, mas provavelmente o que vou responder é: Comece já, pense como tirar seu o seu projeto do papel da forma mais simples possível, usando os conhecimentos que você já tem e vá melhorando aos poucos.

Quero fazer uma campanha/ação para minha marca, rola?

Com prazer, me chama no zap ou manda um email, assim você me conta o briefing e pensamos em uma proposta de trabalho juntos.

Você é feliz?

Muito, e espero que você também.

Press

icon
Entrevista: Print MAG Designer of the Week Caio Andrade

PRINT’s latest Designer of the Week Caio Andrade doesn’t really consider himself a designer.

icon
Matéria: Revista Trip Para questionar nossa relação com o mundo digital Caio Andrade cria projetos de baixo custo e rápida confecção, incluindo adesivos e aviõezinhos de papel.
icon
Entrevista: Correio da Bahia Jovem publicitário baiano se destaca internacionalmente Caio Andrade, natural de Itabuna, o publicitário, de 27 anos, se destaca na internet.
icon
Matéria: Época Negócios É possível começar um negócio com R$ 10? Para Caio Andrade, um produto minimamente viável é mais vantajoso do que nunca colocar uma ideia em prática.
icon
Entrevista: Você/SA Paixão por problemas Como minha paixão por problemas me fez viajar o mundo, até decidir voltar para o Brasil.